Manifesto

Se há guerra, há um Deus onipresente que está do lado de quem vai vencer e ampara quem vai perder.
Capitalista, dá o dinheiro para as armas potentes e arrecada com solidariedade remédios para os novos indigentes e carentes.

Se Ele é justo? Pode ser, um dia vou entender.

Microconto #43

No centro de SP o cachorro olha o frango assar, do outro lado da rua, o garoto olha o sapateiro a sola colar.

Microconto #42

Quando Marcelo conheceu Paulo finalmente soube que o amor é uma faca de dois gumes.

Você escondida em mim

O telefone chama, mas você não me atende mais. Mesmo assim, gosto de ouvir sua voz na caixa postal, embora sempre falam que é irritante. 
Gosto do seu jeito e do teu cheiro, me lembra as canções que antes entoava, toda noite quando tinha pesadelos.
O seu apelo quando roço meu punhal em teu seio nu e sinto o arrepiar de seus pelos, me excita e me incita, você foi minha primeira e única mulher. 
In(felizmente), agora ouço sempre de perto teu telefone tocar e ao pegar sempre me deparo com o seu corpo entorpecido e sem vida a me olhar.
Mas, ao menos, consegui gravar em minha memória a sua voz, mesmo você gritando e eu brincando de te devorar. 

E nosso esconde-esconde, acabou com você escondida em mim.

A única forma de para sempre teu cheiro e tua voz me pertencerem e não ter mais pesadelos ao dormir.

CH3CH2OH (Álcool Etílico)

Quando tudo se perde
Mas não é esquecido
Voz se cala
Emudecida

Quando tudo se esconde
Mas não é sentido
Mente na vala
Enlouquecida

A cachaça se esvala 
A cabeça que exala
A solidão que abala
E na arma, enfim
A bala

Related Posts with Thumbnails

@gordinha

Tá na bolsa!

Sigam-me os bons!

GTM