Maria

Maria era simples.
Passadeira, lavadeira
Esfregava as roupas no tanque, com uma força mutante.

Maria era amante.
Namoradeira, paqueradeira
Conquistava um amor relutante, com um olhar brilhante.

Maria era raivosa.
Encrenqueira, zombeteira
Chegava no bar de modo alarmente, e descia seu braço impactante.

Assim Maria vivia.
Arteira, brasileira
Se aproximou com o seu abc perseverante, roubando esse nosso instante.

6 leram:

Felipe Carriço 24 de junho de 2010 21:57  

Instante roubado...

Que venha o próximo!

Mulher na Polícia 25 de junho de 2010 10:28  

Maria, Maria...

"Uma mulher que merece viver e amar como outra qualquer do planeta"

Beijos, minha querida!

Poetíssima 25 de junho de 2010 20:31  

Gente, que show!!!!!!
Eu amei o seu blog, querida!
Parabéns...

E, acho, cá pra nós, que somos todas Marias!

Sasha Portrait 26 de junho de 2010 09:37  

simples, delicado, verdadeiro, lindo. :D adorei.

Barbara C 26 de junho de 2010 11:38  

Ave Maria ein?!

Tipica Brasileira mesmo.


beijos

Natalya Nunes 29 de junho de 2010 22:15  

Lembrei da MARIA DO SOCORRO da MARIA RITA...Acho que todas nós temos uma Maria por dentro.

Um beijo, florrrr...estava com saudades da sua odisséia.

Related Posts with Thumbnails

@gordinha

Tá na bolsa!

Sigam-me os bons!

GTM