Sem ti

Sente meu corpo gelado
Esvaído de vida
Jogado aos vermes
Na terra largado

Tudo isso senti.

5 leram:

Guilherme Sakuma 7 de novembro de 2010 00:41  

Curto, porém, significativo. Gostei. Ei, "Gordinha", em parceria com outros caras, escrevo no blog: totolunatico.blogspot.com - se der, me segue nesse também; e a gente te segue por lá. Abraço!

Moni. 11 de novembro de 2010 17:15  

senti...sem ti

O fato de estar junto ou separado pode determinar ou não a presença de vida...

Brincar com as palavras é saber experimentar o que se sente...
Adorei isso, moça!

E olha, vc tb é das pessoas que eu ADORARIA sentar e bater papo... Por que a gente não pode escolher a própria vizinhança, né?

Beijo grande!

Moni

P.S.: Meus parabéns, ainda que atrasados, pelo aniversário de amor... Que seja inteiro!

Felipe Carriço 25 de novembro de 2010 16:07  

O caveiro ama a profissão que exerce.

Fern. 27 de novembro de 2010 18:03  

Muito bacana a brincadeira com as palavras xuxu.
Ficou excelente!

Ei, bom saber que tá me linkando, fico super feliz e lisonjeada!

Beijos mil!

Marcelo Zaniolo 5 de janeiro de 2011 17:20  

Uma simples, porém inegavelmente bela brincadeira com as palavras.

Gostei! Parabéns!

Beeeijo, de novo.

Related Posts with Thumbnails

@gordinha

Tá na bolsa!

Sigam-me os bons!

GTM