Pensamentos #6


O cigarro que acendo é sentença, carência e penitência. O que apago é vivência, temor e topor.

5 leram:

Marcelo Mayer 22 de dezembro de 2009 18:35  

e sustenta um câncer, e como gosto dele

Bia =D 23 de dezembro de 2009 02:08  

eita fixação na fase oral!

Tiago Moralles 23 de dezembro de 2009 09:56  

Olha a recaída heim.

Nathi 23 de dezembro de 2009 17:49  

E esse cigarro que apaguei fez da minha vida um torpor sem igual...

:~

O Profeta 23 de dezembro de 2009 21:22  

Um formoso menino estava mesmo alí
Tocou de leve o lado esquerdo do meu peito
Olhou-me com um luminoso sorriso
Deixou-me sem fala, sem jeito

Deixou-me no apagar de uma vela
Olhei novamente o mar
A calmaria voltou como por encanto
Mil criaturas inundaram-me o olhar

Golfinhos felizes assobiaram
A cria de uma baleia acenou-me
Uma andorinha do mar poisou no parapeito da janela
Uma maravilhosa e antiga história sussurou-me

As estrelas brilharam no celeste
A Lua estendeu seu manto de fino lusr nesta cena
Adormeci na imensidão deste mundo
No embalo de...Uma Noite Serena...


Uma noite serena

Um mágico Natal

Um terno beijo

Related Posts with Thumbnails

@gordinha

Tá na bolsa!

Sigam-me os bons!

GTM