2013 foi um ano ruim (Crônicas de fim ano)

Eu não digo que 2013 foi um ano ruim para as pessoas ficarem com dó e perguntarem o por quê e me oferecerem ajuda, tá aí uma meta pra 2014: me deixar ser ajudada! 


Mas enfim, não, não é por isso! 

2013 foi um ano ruim, porque vi pessoas que tinha admiração partirem desse mundo, ok! Esse é o ciclo da vida e tals, foda-se! 
Próximo assunto. Vi pessoas que amo viverem em função de algo, seja de problemas delas mesmas ou seja problemas com pessoas próximas, foi um ano de muitas doenças, faltou saúde! 

Eu sofri esse ano por muitas pessoas e situações, mas raramente por mim, não tive tempo de sofrer por mim. Talvez seja melhor, espero que sempre seja assim, "casa de ferreiro espeto de pau". Sofrer é um vício que não quero entrar, se não tiver por quem, que não seja por mim.

Foi um ano de frustrações! Mas o bom disso é que você aprende a ficar mais humilde, quando tem a oportunidade de fazer algo bacana se apega com unhas e dentes e faz, simplesmente e aprende a forma genuína de não esperar algo em troca.

No final de tudo, 2013 não foi tão ruim assim e me parece que agora tudo quer entrar nos eixos. Aprendi o desapego, a ter o humor ingênuo, daqueles que esta tudo uma merda mas aparece força pra tirar um sarro de si e da situação.

Que conste que não quero competir nas reclamações, afinal de tudo minha vida está boa sim! O que deixei de fazer e no que deixei de me preocupar no fim das contas foram por escolhas minhas mesmo. 

Este ano, sendo bem clichê, e como todos os outros foi mais um ano de aprendizado. Mas na boa, acaba logo 2013 porque não vejo logo a hora de ver como vou escrever meu próximo ano! 

E chuvinha da virada de ano, te espero como nunca!  

Se isso se parece com o ano de alguém, ou até mesmo com o meu, é mera semelhança.

Related Posts with Thumbnails

@gordinha

Tá na bolsa!

Sigam-me os bons!

GTM