Andarilha

Gente! Acho que vou desenterrar todos os meus poeminhas, gostei dessa brincadeira! Esse eu não me recordo há quanto tempo fiz e está no outro blog também.

Escala de subjetividade do poema de 1 a 10=10

Andarilha

Sou uma andarilha
Daquelas que tem tudo na vida
Tenho uma boa casa
Bons sapatos

Sou uma andarilha
Uma andarilha de sentimentos
Me falta amor
Ódio

As noites são escuras demais
Me falta calor
Som

Me falta aquele gostinho
Aquele gostinho de vida

Do pó eu vim
E ao pó voltarei
Voltarei.
Em uma noite plúmbea
De verão

Encolhida e atrofiada.
Uma autópsia.
E, oh ! Isso era um coração ?

3 leram:

Felipe A. Carriço 20 de fevereiro de 2009 11:45  

Aí Papai do céu disse pro Fê ir lá e tomar conta dessa menina que andava e andava... Peguei um bisturi e achei seu coração... Mas tá mais pra biópsia do que autópsia! HEHE

Subjetividade ao cubo!

Nadia 22 de fevereiro de 2009 20:07  

Pumblea???

Gordinha 22 de fevereiro de 2009 21:57  

Kkkkkkkkkk, tive um dejá vu !!! No blog anterior tem a definição ! hahahahahah!!!

Related Posts with Thumbnails

@gordinha

Tá na bolsa!

Sigam-me os bons!

GTM